Hora de cumprirmos o dever de consertar o planeta

Ambientalistas, ecologistas e estudiosos engajados na preservação do meio ambiente já alertaram que precisamos cuidar do meio ambiente. A necessidade de revertermos o objetivo materialista de destruir pelo de conservar não é um discurso novo. Quando o apelo deixa de ser apenas teórico e passa a ser defendido pelo príncipe herdeiro da Coroa Britânica, exemplificando o quanto foi importante nos unirmos contra um inimigo em comum – o Coronavírus – e que podemos fazer o mesmo para repararmos o planeta, percebemos a iminência da mudança.

O desafio desta semana para os estudantes do Programa Preparando o Futuro foi assistir à palestra feita pelo Príncipe William para o TED Talks, em que ele fixa o prazo de dez anos para unirmos esforços e atitudes para reverter desmatamentos, incêndios e mudanças climáticas. Ele compara esse esforço à proposta da viagem à lua: grandes cientistas se dedicaram tanto que descobriram recursos usados hoje, como equipamentos de respiração e painéis solares. Como autoridade, ele convoca representantes dos países e se juntarem nesse esforço, mas não deixa de citar a importância de cada um, em qualquer lugar do planeta.

Os estudantes do nosso programa fizeram textos muito bem elaborados sobre o assunto. Como o Gabriel Vieira: “A resposta à COVID-19 ocorreu de forma rápida e eficaz, nos provando que nada é uma causa perdida quando toda a humanidade se empenha em algo. Reconhecer que há esperança é o primeiro passo para estabelecer um plano de ação focado na recuperação e proteção do meio ambiente.”

“A pandemia do COVID-19 serve para que tenhamos a constatação de uma coisa que, no fundo, já sabíamos: somos capazes de adaptar e modificar a realidade ao nosso redor de acordo com as nossas necessidades primárias (…) É triste pensar que a eminente destruição perpétua do planeta e de toda a vida na Terra seja menos importante”, declarou a Lívia. Já a aluna Yohanna previne: “Os avanços tecnológicos, as conquistas adquiridas e as descobertas sempre foram algo que inspirou o ser humano. Contudo, após todos esses anos, não aprendemos coisas simples, como ações para mudar e melhorar nosso cotidiano. O alerta do vídeo é real!!! É necessário mudar os hábitos em uma década, a fim de nos proporcionar, em 2030, uma vida melhor.” 

EQUIPE ABCJ

Deixe uma resposta