Os alunos do Programa Sócio Educativo Preparando o Futuro chegaram ao sexto mês de afastamento social refletindo sobre os efeitos da pandemia do Coronavírus em suas vidas pessoais, sociais e virtuais. O convite feito essa semana pela atividade proposta pela Equipe Técnica foi que eles assistissem à intrigante palestra da advogada, escritora e professora Ruth Manus intitulada  “O estranho mundo das pessoas perfeitas”, para o TED Talks.

Nesta palestra virtual, realizada em maio deste ano, ela faz um desabafo sobre as vidas aparentemente perfeitas expostas em redes sociais, mesmo em período de pandemia. Nessa explanação, ela alerta para que as pessoas evitem os gatilhos de angústia, desafios e sofrimentos que são justamente as vidas, viagens, corpos e refeições perfeitas que os influenciadores sociais expõe na rede, exteriorizando somente o bom e belo, e gerando nas pessoas “normais” a sensação de terem falhado.

Há anos o tema é discutido de formas diferentes, mas com o avanço das redes sociais torna-se ainda mais evidente pois, em busca da sensação de “pertencimento”, muitas pessoas passam a viver uma vida de aparências, escondendo suas frustrações, angustias, ansiedades e depressões por trás de imagens alegres, ostentosas, bonitas, ricas e superficiais.

Nossa aluna Larissa criticou essa vida de aparências das redes: “Mostrar a real situação é realmente difícil. Porém, não podemos esquecer que vivemos essa vida real, as vezes nem tão perfeita, mas é a que vivemos”.

O Diogo lembrou o termo “normose”, exposto pelo sociólogo brasileiro Roberto Crema, que é o esforço extremo para alcançar os padrões. “Devemos (…) aceitar o que há de mais ‘anormal’ em nós mesmos, para cultivarmos uma saúde mental de ampla aceitação. Só assim, quando tudo voltar ao normal, podermos ser, acima de tudo, nós mesmos; não uma imposição, ou um perfil, mas nós mesmos, perfeitos em ser falhos”.

Já o Luis Gustavo alertou: “Nessa fase ninguém é perfeito. Ninguém nunca é perfeito. Então, só se sentir confortável basta. Todos vamos falhar em algum momento. Mas o mais importante é estar bem fisicamente e psicologicamente”.

EQUIPE ABCJ

Conheça mais sobre a ABCJ.
Anualmente, dezenas de jovens de baixa renda têm oportunidade de um curso gratuito de qualificação profissional em Logística e ainda podem receber uma bolsa de estudos para Faculdade. Acompanhe nossas redes sociais.
Informe-se pelo (11) 9960-43654.
Já é possível fazer sua doação para nosso Programa através do nosso site. Basta clicar no botão “DOAR”, à direita.

#abcjembuscadeparcerias #transformaçãopelaeducação
#investirnajuventude #abcjjuntossomosmaisfortes #dosenaipravida #estamosemtranformação#abcjnaveia #adoteumaluno #abcjbuscandoparcerias

OUTROS POSTS QUE VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR