A maioria das pessoas no mundo ocidental mantém sua dieta alimentar tendo como fonte principal de proteína a carne, os ovos e o leite. Comprados já  embalados e em porções que satisfaçam a necessidade de cada um, esses alimentos não nos fazem visualizar que por trás de um suculento bife está o sofrimento do animal abatido para o consumo humano. A produção de carne e couro em laboratório, embora ainda pareça abstrata, pode ser a solução próxima e inevitável.
Pelo menos é o que garante empreendedor em engenharia de tecidos, Andras Forgacs. Cofundador e CEO da Modern Meadow – uma empresa que desenvolve novos biomateriais. Ele realizou, em 2013, uma apresentação sobre o assunto para o TED Talks, e os alunos do Programa Sócio Educativo Preparando o Futuro assistiram esse material como atividade da semana. Ele apresenta os surpreendentes números do rebanho mundial: 60 bilhões de animais, com previsão 100 bilhões nas próximas décadas. Mais do que mostrar a exploração de outros seres vivos pelo homem, essa superpopulação acarreta ocupação de terra, consumo de água e produção de gases que ampliam o efeito estufa. Forgacs diz que é possível produzir carne e couro em laboratório tendo como base apenas células: a biofabricação.
Nossos alunos ficaram bastante impressionados e animados com a proposta. “A biofabricação é uma ótima opção para termos ambientes sustentáveis: produzir  alimentos e produtos sem sacrifício animal. Apoiar a biofabricação é apoiar um mundo melhor”, acredita o aluno Luan.
Para a Paula, temos de repensar nossa participação no todo. “Os animais são matérias-primas ou seres vivos? Por que um casaco de pele é mais caro que uma vida? (…) Temos de evoluir, nos tornar os Pensadores do Futuro: aqueles que pensam em soluções sustentáveis, ecológicas e empáticas!”
O Gabriel Henrique destaca que a tecnologia pode ajudar a poupar vidas. “Durante muito tempo, a carne foi consumida sem pensar que há uma vida por trás disso e que os animais também sentem. Com o avanço da tecnologia, podemos continuar consumindo carne sem precisamos tirar a vida de outros seres.”
Para a aluna Lívia, a alimentação baseada no consumo de carne gera dois extremos: toneladas de carne desperdiçadas e milhões de pessoas sem condições de comprá-la. “Precisamos buscar métodos mais sustentáveis e mais humanos, para nós e para os animais. Precisamos enxergar que tudo é uma troca, é uma via de mão dupla. Se uma delas está obstruída, não vai demorar muito para que a outra parte também seja afetada.”
EQUIPE ABCJ

Conheça mais sobre a ABCJ.
Anualmente, dezenas de jovens de baixa renda têm oportunidade de um curso gratuito de qualificação profissional em Logística e ainda podem receber uma bolsa de estudos para Faculdade. Acompanhe nossas redes sociais.
Informe-se pelo (11) 9960-43654.
Já é possível fazer sua doação para nosso Programa através do nosso site. Basta clicar no botão “DOAR”, à direita.
#abcjembuscadeparcerias #transformaçãopelaeducação
#investirnajuventude #abcjjuntossomosmaisfortes #dosenaipravida #estamosemtranformação#abcjnaveia #adoteumaluno #abcjbuscandoparcerias

OUTROS POSTS QUE VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR